Buscar
  • Fernanda Mueller

NYC Experiences: Aprendendo história em bares locais

Atualizado: Ago 15

Quando eu vi que esse tour era um dos melhores no ranking do Airbnb eu precisava participar. Não teve nada a ver com o fato de ser um tour pelos bares de Nova York, ok? — Essa frase contém ironia.


No Drinking and Prohibition History Tour, traduzido em português como Caminhada história da Era da Lei Seca, eu aprendi história, me diverti e ainda fiz amizades. O foco da experiência é na chamada Prohibition Era —  período entre 1920 e 1933 em que toda a produção, importação, transporte e venda de álcool foi banida nos Estados Unidos. No Brasil, as pessoas não tem muito conhecimento sobre o assunto, mas foi uma época bem significativa da história dos EUA.


Experimentando drinks e aprendendo sobre a Era da Lei Seca


Durante o tour, visitamos três locais. Em cada um, você pode experimentar os drinks recomendados pela guia, Rory, enquanto ela conta algumas histórias da época. As bebidas não estão inclusas no valor, mas tomar um drink é parte da experiência. 


O primeiro local é um dos dois speakeasies originais que ainda existem em Nova York — bares escondidos que surgiram na Era da Lei Seca. Hoje existem vários em speakeasies na cidade.  Eu fui em um que era dentro de uma lanchonete. Você tinha que entrar em uma cabine telefônica (como aquelas tradicionais de Londres) e ligar para o bar. Então eles avisam quanto tempo você terá que esperar para entrar. 


O mais legal desse speakeasy que visitamos no tour é que ele realmente existiu na Era da Lei Seca. Com um ambiente extremamente escuro, o Flûte Bar é especializado em drinks de champagne. Bebi um cocktail incrível chamado Green Kimono (vodka saborizada com pepino e melão, finalizada com champagne). 


O segundo bar não é um speakeasy, mas só os locais conhecem, ou seja, o lugar é à prova de turistas. Apesar de só os nova iorquinos frequentarem o Lilly's bar, ele ainda fica bem cheio e não é fácil conseguir uma mesa. Ninguém diz que o lugar já foi uma igreja no passado!


Rory com seu tradicional Old Fashioned no Lilly's bar

A terceira e última parada é no Dear Irving on Hudson, um lugar bem fancy (não consigo encontrar uma palavra em português que descreva melhor o bar). A decoração é inspirada no James Bond e como fica em um rooftop, tem uma vista linda de Manhattan! 


Todos os bares são incríveis, mas o que realmente torna o tour especial é a guia. Rory me fez sentir como se estivesse passeando com uma amiga — ela ri, faz piadas e bebe junto com o grupo. Depois de experimentarmos vários drinks, estávamos todos mais alegres do que normal e combinando vários rolês por Nova York. Era uma sexta-feira, ainda bem. 

Nessa série de artigos, estou relatando as experiências com anfitriões de Nova York que tive a oportunidade de participar e registrar. Elas são oferecidas no site do Airbnb. Clique aqui para reservar essa experiência.


Além de escrever, amo contar histórias por meio de conteúdo audiovisual. Então também a produzi a série NYC Experiences em vídeo:


18 visualizações

© 2020 created by Fernanda Mueller